Projeto que prevê a recuperação de corpos hídricos na região do Sistema Cantareira firma novas parcerias

Ontem e hoje pesquisadores do projeto “Semeando Água” do IPÊ com patrocínio da  Petrobras estão em campo demarcando pontos estratégicos para propor alternativas  para a conservação do solo em propriedades rurais parcerias de Itapeva (SP) e  Extrema (MG) que possuem nascentes e ou corpos hídricos.

Esta é uma importante etapa do projeto, onde a propriedade é avaliada e são  levantadas as APPs – Áreas de Preservação Permanente, que posteriormente serão  inseridas em um grande mapa do local e as possíveis medidas para conservação da  água e solo serão apresentadas e validadas junto aos proprietários parceiros do  projeto. “A ideia é que essas propriedades se tornem outras unidades demonstrativas,  referência de conservação da água para vizinhos e comunidade. Por isso prospectamos áreas estratégicas para conservação, onde possuam nascentes ou mananciais a serem protegidos.”, explica o pesquisador Oscar Sarcinelli
O projeto já possui uma unidade demonstrativa no município de Joanópolis, lá a propriedade parceria recebeu instruções e proposta de manejo de pasto sustentável a fim de se conservar a nascente e corpos hídricos ali existentes. “Estou animado para ver os resultados, minha maior preocupação é a proteção das encostas, já que minha propriedade fica localizada em um vale, sofro constantes enxurradas, e isso além de me gerar gastos, compromete as nascentes que tenho aqui.” Afirma o produtor parceiros, José Bragion.

Ainda esse mês o “Semeando Água” iniciará suas atividades de educação ambiental com as escolas dos municípios que o projeto abrange.