As empresas podem fazer muito pela água. Participe!

E se você pudesse contar uma nova história? Que a empresa em que você trabalha também contribui para a segurança hídrica do Sistema Cantareira?

Reservatório Atibainha, em Nazaré Paulista (SP), um dos cinco que formam o Sistema Cantareira

 

A água do Sistema Cantareira não é exclusiva para o abastecimento da população nas residências. Empresas de diversos segmentos retiram água dos rios que contribuem com os reservatórios.

Os principais setores que fazem uso dessa água incluem agroindústria, agrotóxico, alimentício, bebidas, celulose e papel, energia, gás, mineração, petroquímico, químico e têxtil.

Em outras palavras, os impactos das crises hídricas vão além do abastecimento público. A redução na produção de alimentos e a restrição na produção industrial também estão entre as principais consequências da escassez de água. O saldo é a diminuição da atividade econômica, ou seja, o comprometimento dos resultados da iniciativa privada.

Mas e se você, que trabalha em uma dessas empresas, pudesse contar uma nova história? Não apenas que a empresa utiliza água do Cantareira, mas também que vocês contribuem com a segurança hídrica desse Sistema?

Faça parte do Projeto Semeando Água!

Fale com a equipe do Projeto e saiba como somar esforços para o aumento da segurança hídrica:

Preencha o formulário abaixo ou envie e-mail para semeandoagua-com@ipe.org.br








    Funcionários de empresas das regiões provedora e beneficiada pela água do Sistema Cantareira realizam plantio de agrofloresta em propriedade rural
    Crédito: Ilana Bar/ Estúdio Garagem

    Funcionários de empresa beneficiada pelo Sistema Cantareira e crianças que vivem na região provedora de água realizam plantio em Área de Preservação Permanente próxima ao reservatório Atibainha, em Nazaré Paulista (SP)
    Crédito: Ilana Bar/ Estúdio Garagem