Na próxima semana (12 de novembro), Alexandre Uezu, coordenador do Projeto Semeando Água, estará em Sergipe para integrar a mesa-redonda Futuro das Florestas, durante o IV Seminário de Recuperação Hidroambiental.

O evento que contará com três dias de programação (11 a 13 de novembro) é uma realização do Projeto Opará – Água do Rio São Francisco, que assim como o Semeando Água conta com patrocínio da Petrobras, por meio doPrograma Petrobras Socioambiental e Governo Federal.  

Na mesa-redonda estarão, ao lado de Alexandre, dois profissionais que atuam na Caatinga, Thadeu Ismerim, do Opará (realizador do evento), além de Daniel Fernandes, do Projeto No Clima da Caatinga. Uezu trará a expertise de quem atua no dia a dia na Mata Atlântica. “Oportunidades como essa são essenciais para compartilharmos o que já sabemos sobre a influência das florestas para a questão hídrica. Na região do Sistema Cantareira, onde é realizado o Projeto Semeando Água para aumentar a segurança hídrica temos dois grandes desafios e um deles está diretamente relacionado à restauração, que é o plantio em 21 mil hectares de Áreas de Preservação Permanente (APPs) hídricas  – que são áreas próximas às nascentes e cursos d’água  que deveriam estar protegidas por florestas, mas não estão. Apenas nessas APPs precisamos plantar 35 milhões de árvores. Agradeço muito pelo convite”.

Confira a programação